Você sabe como nasceu o microondas?

Home » Mundo Comida » Você sabe como nasceu o microondas?

on jan 11, 13 • por • com Sem Comentários

Você sabe como nasceu o microondas?

Pin It

Percy Spencer inventou por acaso o microondas, pois, ao se aproximar de uma válvula de radar em funcionamento, percebeu que o chocolate que estava em seu bolso, havia derretido. Ajustou o comprimento dessas ondas eletromagnéticas (iguais as de rádio, só que menores) para que elas aquecessem e cozinhassem os alimentos.

O primeiro alimento testado foi a pipoca, o ovo foi o segundo, mas esse não deu certo, pois explodiu devido a pressão no interior do ovo. Estou só imaginando a cena do ovo explodindo, rs…

Em 1947, sua empresa Raytheon apresentou o primeiro forno microondas no mercado, que pesava 340 Kg e media cerca de 1,5 metro de altura. Imagina, né? Com esse peso tinha que ficar sobre um suporte com rodas motorizado. Seria impossível move-lo sozinho!!!

Foi fabricado de forma a não permitir que as microondas escapassem, sendo seguro à saúde. O aparelho teve aceitação pelas lanchonetes e restaurantes americanos, tornando-se o precursor dos atuais fornos microondas domésticos.

A comercialização desse equipamento começou em 1967. Seu uso era restrito ao lar, mas atualmente, podemos encontrá-lo no comércio e na indústria.

Os alimentos têm mais de 50% de água, sendo assim, quando uma onda eletromagnética atinge o alimento, a carga positiva e negativa da molécula de água trocam de lugar, e assim, começam a girar batendo uma na outra. Esse movimento rápido das moléculas induzidas pelas microondas é transformado em calor espalhado. A microonda atinge de 2 a 4 cm da superfície do alimento e o centro é atingido por condução. Dessa maneira, você consegue cozinhar seu alimento no microondas!!!

Mas… vamos combinar!!! Comida elaborada no microondas não é lá essas coisas. Acho ele ótimo mas, só para esquentar os alimentos e  bebidas!

 

Beijos Saudáveis,

Dra. Juliana Tomandl Fontes

Tags:

Artigos Relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


« Artigo Anterior

Próximo Artigo »

Scroll to top