Nutri Entrevista: Paola Modolo, Cirurgiã Dentista.

Home » Dicas, Nutri Entrevista » Nutri Entrevista: Paola Modolo, Cirurgiã Dentista.

on fev 19, 13 • por • com Sem Comentários

Nutri Entrevista: Paola Modolo, Cirurgiã Dentista.

Pin It
paola-modolo-dentista

Dra. Dentista Paola Modolo

A Dra. Paola Carolina Modolo (CRO 95225), é cirurgiã dentista pela Universidade de São Paulo -USP, atuante principalmente em pesquisas sobre hipersensibilidade dentinária. Atualmente aluna de Excelência em Estética, da área de Dentística, da Universidade de São Paulo.

Veja a entrevista que ela nos concedeu sobre alimentação versus higiene bucal.

1. Qual a importância da escovação de dentes após as refeições?

A grande maioria dos problemas relacionados aos dentes podem ser evitados com uma escovação adequada e o uso do fio dental.Os restos alimentares presentes na boca, abaixam o pH do meio e favorece a presença de bactérias causadoras da cárie. Desta maneira, é imprecindível a escovação dentária após as refeições para a remoção do biofilme formado entre bactérias e restos alimentares.Para que a escovação seja a mais eficiente possível, siga as seguintes orientações:

– Sempre escove os dentes após as refeições;

– Utilize escova de cerdas macias e de cabeça pequena;

– Utilize uma pequena quantidade , equivalente ao tamanho de uma ervilha, de pasta de dente contendo flúor;

– Coloque a escova junto a união da gengiva com os dentes de maneira que as cerdas formem um ângulo de 45° em relação aos dentes. Movimente (gire) a escova em direção à superfície mastigatóriados dentes.Lembre-se que uma escovação correta demora aproximadamente 3 minutos.

2. Quais são as conseqüências negativas caso não ocorra a higiene bucal após as refeições?

Sabe-se que a cárie é uma doença de origem multifatorial e sua implantação e desenvolvimento dependem de quatro fatores: a flora bacteriana presente na cavidade oral, o sítio de implantação desta flora (saliva, dentes e tecidos adjacentes), a dieta nutricional, e o tempo de interação entre esses fatores (bactéria, dente e dieta). Desta maneira, a não escovação após as refeições, faz com que os nutrientes contidos nos alimentos que ingerimos, fiquem muito tempo em contato com a superfície dentária, proporcionando boas condições para que os microorganismos presentes normalmente na boca, se unam a esses nutrientes e formem a placa bacteriana. As bactérias presentes nas placas, utilizam os restos alimentares e produzem ácidos, que dimiuem o pH da saliva. Como não há a escovação, esses ataques acontecem repetidamente, sem interferencia na mudança do pH bucal, iniciando-se assim o processo de cárie, que consiste na dissolução (ou desmineralização) da estrutura dentária. Não sendo retirada, a placa bacteriana pode também irritar a gengiva ao redor dos dentes, causando gengivite (as gengivas ficam vermelhas, incham e sangram), periodontite e perda dos dentes. Prevenir é melhor que remediar!!!!

3. Existe algum alimento que propicie o desenvolvimento da cárie? Qual é o alimento?

Os alimentos mais cariogênicos são os que apresentam açúcar na sua composição: os doces, as balas, os caramelos, os chocolates, os chicletes e os refrigerantes são exemplos desses alimentos. Todos esses alimentos podem ser consumidos, mas de maneira racional, isto é, junto às principais refeições, seguindo-se a escovação. A freqüência com que se come o açúcar é muito importante: quando você ingere açúcar, os seus dentes ficam expostos aos ácidos produtores de cárie. A ingestão de farináceos e salgadinhos, principalmente entre as refeições, é um hábito considerado pouco saudável, quando se pensa em prevenção da doença e, portanto, deve ser evitado. Por outro lado, existem alimentos como o queijo e o leite que são considerados protetores dos dentes. Eles apresentam alto conteúdo de cálcio e fosfatos, que protegem contra a desmineralização do dente. Há também os alimentos ricos em fibras, como a maçã e a cenoura. Sua mastigação estimula aprodução de saliva, que dilui os ácidos formados pelas bactérias. Está aí uma dica! Se o dia estácorrido e não há tempo ou esqueceu a escova em casa, coma uma maçã!!!

4. É preciso escovar os dentes mesmo após aquele cafezinho preto da tarde?

Não é que não possamos consumir doces ou colocar açúcar no café, o importante é a freqüência de consumo. Tudo o que é feito com moderação não nos prejudica, os excessos são sempre o maior problema.Se gostarmos de doces, porquê não diminuir a freqüência de consumo, porquê não consumi-los logo após as refeições, quando o meio bucal já está mais preparado para receber a agressão das substâncias presentes nos alimentos através de um aumento da quantidade de saliva. Se gostamos de açúcar no café ou no suco, porquê ao invés de colocarmos cinco colheres não colocamos duas. Se consumirmos algum alimento fora do horário das refeições, porquê não escovar os dentes uma vez mais? Moderação é a palavra certa!!!

5. O mau-hálito tem a ver com a alimentação?

As causas da halitose podem ser muitas e variam entre elas. Pode ser o consumo de certos alimentos, a ingestão de bebidas alcoólicas, o fumo, a má higiene bucal, doenças periodontais, o diabetes, a sensação de boca seca, infecções dos seios [maxilares/paranasais], da garganta e do pulmão, e também o abscesso pulmonar, insuficiência renal ou hepática, problemas gastrintestinais e um regime alimentar severo.Procure um cirurgião dentista para ele diagnosticar e te ajudar no combate à halitose!!!

6. Tem alguma pasta dental que você indica por ser melhor?

De modo geral, a indicação é a pasta fluoretada, aquela presente em mercados e farmácias. Não há uma marca melhor, ou um produto melhor. A melhor pasta de dente é aquele que você usa!!! A eficácia está relacionada ao seu uso com escovas de dente de cerdas macias e cabeça pequena, após as refeições. Sem se esquecer do uso do fio dental, que remove as impurezas aonde a escova não alcança.

7. Você sugere o uso do anti-séptico bucal? Com qual freqüência?

O anti-séptico bucal deve ser usado apenas como complemento à ação mecânica da higiene oral. Asua eficácia realmente é comprovada, mas é preciso tomar cuidado, pois mata não só as bactérias causadoras da cárie, mas também aquelas responsáveis pelo equilíbrio do nosso organismo. Por isso, é preciso cuidado no seu uso, a refrescância causada dá uma falsa sensação de dentes limpos, mas o seu uso sozinho, não tem efeito bacteriano suficiente. Recomenda-se o seu uso, apenas 2 a 3vezes por semana, após a escovação.

8. Qual deve ser o cuidado dos indivíduos que usam aparelho nos dentes?

O cuidado com a escovação em indivíduos que utilizam aparelhos ortodônticos devem ser redobrados. Isso porque os brackets facilitam o acúmulo de restos de alimentos. Além da escovação tradicional, recomenda-se o uso das escovas de dente interdentais, que limpam os espaços entredentes, além dos fios dentais com o sistema, “passa fio”, que facilita o seu uso.

9. Fale-me sobre o clareamento dental.
Muitos são os mitos sobre esse assunto. O clareamento dental é um método seguro e eficiente, que remove as manchas amareladas dos dentes, causadas não só pelo envelhecimento dos dentes,mas também pela alimentação a base, principalmente de alimentos de coloração escura, como café, vinho, coca cola, bem como do uso de cigarros. Cigarros fazem mal á saúde e escurecem os dentes!!!

10. Com qual freqüência deve-se visitar o dentista?

A saúde começa pela boca. Desta maneira, a visita ao dentista deve ser periódica, geralmente de 3 em 3 meses, mas depende muito da necessidade de cada indivíduo. Converse com seu dentista, ele saberá quantas vezes deverá visitá-lo!

Sorria! Um belo sorriso abre portas e caminhos! Garanta a saúde do seu! Visite um cirurgião dentista.

Tags: , , , ,

Artigos Relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


« Artigo Anterior

Próximo Artigo »

Scroll to top