1000 dias: O Período de Programação Metabólica do Bebê

Home » Dia-a-dia, Dicas, Dietas, Você Sabia? » 1000 dias: O Período de Programação Metabólica do Bebê

on fev 19, 18 • por • com Sem Comentários

1000 dias: O Período de Programação Metabólica do Bebê

Pin It

O período gestacional, de aleitamento até os 2 anos de vida é crucial para a saúde do seu filho.

Os 1000 dias de vida, é um termo que surgiu a partir do ano de 2008 e compreende ao período da gestação acompanhado dos dois primeiros anos de vida da criança (730 dias). Este período consiste em uma janela de oportunidades para alcançar o potencial máximo de desenvolvimento, saúde e bem estar da criança. Neste período, a nutrição apresenta um papel crucial, demonstrando um impacto profundo na capacidade de uma criança se desenvolver, além de ter os seus efeitos perpetuados até a vida adulta.

É durante o período gestacional que a mãe garante o desenvolvimento do feto, e manter uma alimentação saudável durante este período é essencial para garantir a quantidade adequada de energia e nutrientes a mãe e ao bebê. Por isso, aposte em uma alimentação variada.

Após o nascimento, o aleitamento materno, garante todos os nutrientes para o bebê até o 6º mês de vida. O leite materno é o alimento que fornece todos os nutrientes ao bebê e otimiza o potencial de crescimento e garante a saúde do bebê, podendo influenciar até na vida adulta. Até o 6º mês de vida, este é o único alimento que a criança deve receber, pois ele favorece a saúde das bactérias intestinais, reforça o sistema imune, previne alergias, favorece o desenvolvimento neuronal, além de prevenir obesidade e outras doenças crônicas na vida adulta.

 

Bebê dormindo

 

A partir do 6º mês de vida acontece a introdução alimentar que deve acontecer de maneira correta, ou seja, alimentos saudáveis, em quantidade, frequência, consistência, tempo de introdução e higiene adequados. Vale ressaltar que, neste período, é necessário evitar alimentos ultraprocessados, sal, açúcar, gorduras trans e excesso de gorduras saturadas, além de garantir uma quantidade de calorias, proteínas, vitaminas e minerais adequadas, até os 2 anos de vida.

A importância de se manter uma alimentação adequada neste período da vida é devido a grande influência dos nutrientes na ativação ou silenciamento de genes que podem prevenir ou provocar doenças, sendo este período de grande vulnerabilidade, por isso, passe por este momento mágico com tranquilidade, garantindo uma saúde de ferro para o seu filho. <3

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Artigos Relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


« Artigo Anterior

Próximo Artigo »

Scroll to top